Tem um novo tipo de homem surgindo no pedaço?

post5Quem nasceu primeiro o ovo ou a galinha? Foi a mídia que criou um novo homem ou foi o novo homem que criou mídia?

O canal de TV a cabo GNT, tem na sua grade de programação vários programas com a temática comportamental masculina. Como o programa Boas Vindas, que conta histórias do nascimento dos bebês sobre a perspectiva dos pais, o Papo de Segunda onde 4 homens comentam os acontecimentos da semana sob a visão do gênero masculino, e ainda nesse mês de agosto está rolando uma vinheta comemorativa do dias dos Pais, onde vemos pais se posicionarem de forma participativa na educação dos filhos, com frases do tipo “O que eu quero nesse dia dos pais? Ah, eu quero meu nome no bilhete da escola” e, “Eu quero fraldário em todo banheiro masculino. Porque essa função é nossa também, né?”.

No mínimo é tempo de refletir esse novo papel que esta sendo ocupado pelos homens, o de Pais que não só ajudam mas dividem as tarefas na criação dos filhos, o de homem que em casa não somente troca lâmpadas e carrega peso, mas varre, lava, passa e faz comida. Aliás, falando em comida e na proliferação de Chefs de cozinha, podemos também citar os postos de trabalhos antes destinados somente a mulher que hoje também são ocupados pelos homens, como na estética, moda, psicologia, fisioterapia, nutrição, enfermagem, magistério e muitos outros.

Segundo Luiz Edmundo Rosa, diretor nacional de educação da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), a procura dos homens por profissões “femininas” vem aumentando gradativamente porque as novas gerações não fazem essa distinção, “Eles são mais abertos. Não tem o que é de homem e o que é de mulher.”

Bom, então não é uma criação da mídia mas o surgimento legítimo de um novo tipo de comportamento masculino, um NOVO HOMEM.

E agora, como de fato esse novo comportamento muda a dinâmica social? Será que daqui em diante haverá uma divisão do estilo “homem antigo” e “homem moderno? Que benefícios essa mudança trás? Há algo com que devemos nos preocupar a esse respeito?

Ítala R Masruha

https://www.youtube.com/watch?v=4dLkOXge-1g