Vamos falar sobre insatisfação no trabalho?

post3Fala meus queridos,

Segunda a pesquisa do Deloitte Shift Index, 80% das pessoas estão insatisfeitas com a vida profissional.

Minha nossa, isso é algo MUITO sério, sabe o que é levantar toda manhã para ir trabalhar e não gostar do que faz, do ambiente, das pessoas, da remuneração, um ou todos esses itens ao mesmo tempo. Considerando que a maior parte do dia passamos trabalhando, isso é um desastre na saúde física e mental de qualquer indivíduo.

Há muitas formas de mudar o rumo dessa jornada de insatisfação, de falta de entusiasmo e paixão. Mudar de carreira, mudar de empresa, de setor, de cidade, de hábitos, mudar a percepção de si mesmo e por aí vai…

Mas na maioria das vezes esse processo é lento e exige bastante empenho de nossa parte, na organização e planejamento dessa ”virada de vida”.

Mas até que isso tudo aconteça e a mudança se conclua, a pergunta é: O QUE EU POSSO FAZER AGORA PARA TORNAR MEU DIA DE TRABALHO MAIS RELAXADO E EQUILIBRADO??

Uma excelente dica é você estabelecer relações interpessoais de qualidade dentro do seu trabalho atual!

Somos seres relacionais e por vivermos em sociedade é compulsório nos relacionarmos. Dessa forma, eleja algumas pessoas chaves para serem sua “âncora de qualidade relacional. Reflita que tipo de emoção gostaria de ter enquanto permanece nesse trabalho, se é tranquilidade, companheirismo, descontração, e escolha dentre as pessoas que convivem com você, com quem estabelecerá esse tipo de contato. Isso fará com que você foque nessa intenção quando interagir com essa pessoa, e ela reabastecerá seu “tanque” de combustível de qualidade diária. Essa intenção combinada com sua ação, lhe proporcionará um estado emocional adequado para boas ideias, insights e por que não dizer a criação de alternativas para uma nova vida.

Achou muito simplória a solução?! Não acredite em mim, apenas teste e tire suas conclusões. Lembrando sempre, que somos produtos do meio em que vivemos, e que estados emocionais contagiam ou contaminam nosso poder de gerar solução.

Grande abraço.
Ítala R Masruha